Buscar

Bealtaine: A exaltação do Sol

Atualizado: Abr 30

No primeiro dia do mês Maio se celebra Bealtaine or Beltaine, o festival que marca o início do verão na Irlanda. Como muitos festivais antigos, a data tem um significado relacionado à natureza e movimentos do sol, pois marca o fim do inverno no hemisfério norte. Diz-se que o nome deriva do irlandês antigo, significando "fogo brilhante", onde Bel significa luz - o sol celta e o deus curador.


Culturas antigas como o povo neolítico (Idade da Pedra) que construiram Newgrange alinhavam seus monumentos aos principais eventos solares, o Solstício de Inverno, o Equinócio de Primavera, o Solstício de Verão e o Equinócio de Outono. O ano solar era dividido ainda mais para marcar datas importantes entre estes eventos, que seriam Imbolc (início da primavera), Bealtaine (início do verão), Lughnasadh (início da colheita – 1 de Agosto) e Samhain (início do inverno).


Origens do festival Bealtaine

As antigas tradições envolviam acender fogueiras ao pôr do sol do dia anterior. Antes das fogueiras serem acesas, sempre usando árvores nobres nestes rituais especiais, todos os fogos em qualquer acampamento ou casa, em todas as comunidades da ilha, eram totalmente extintos. Depois as cinzas e tochas destas fogueiras especiais, normalmente erguidas a beira das colinas, iam passando de uma casa para outra, onde cada comunidade acendia novamente suas próprias fogueiras. A fogueira principal era acesa em um local sagrado, considerado o centro simbólico da terra na mitologia irlandesa.

O fogo representava a purificação e revitalização após o tempo de inverno. Passar entre duas fogueiras era visto como um ritual de purificação e rebanhos de gado eram conduzidos pelos druidas entre duas grandes fogueiras para serem assim purificados e as doenças afastadas. Os membros da comunidade também passavam entre o fogo para ter boa fortuna, enquanto os mais ousados ​​pulariam a fogueira para garantir sua fertilidade no próximo ano.

Estas fogueiras foram declaradamente o maior ponto de discórdia entre o ensinamento cristão da Irlanda e os druidas que remanesciam. A história de São Patrício e o Rei Laoghaire, creditado como o último rei pagão da Irlanda, registra esse conflito.

A disputa ocorre durante o festival de Bealtaine, com os preparativos para os fogos sagrados em Tara. De acordo com o costume, todos os fogos nas proximidades da colina sagrada de Tara seriam extintos, até que pudessem ser recomeçados com as chamas da fogueira sagrada. A proibição de fogueiras à vista da colina era reforçada pela lei e podia ser punida com a morte. Patrício, conhecedor da tradição sagrada e plenamente consciente das possíveis consequências, viajou para Tara e deliberadamente acendeu uma fogueira na planície, que era facilmente visível da colina.


Uma versão da lenda relata que Laoghaire se aproximou para prender Patrício, mas considerou seus argumentos tão eloquentes e apaixonados a favor do cristianismo, que lhe concedeu a liberdade de continuar pregando. Uma versão posterior, um pouco mais sarcástica da história, fala que os druidas conselheiros do rei sofreram mortes horríveis ​​tentando acabar com o santo, concluindo a lenda com a feliz conversão do rei.

Na manhã do dia 1º de maio, muitas pessoas se levantavam ao amanhecer para colher flores e galhos das árvores de freixo e tramazeira (populares na Europa) para pendurar nas portas ou do lado de fora das janelas de suas casas.

As tradições habituais de hospitalidade e generosidade eram esquecidas neste dia, já que se acreditava que qualquer coisa retirada da casa no dia de primeiro de maio podia ser usada para feitiços maliciosos contra o morador. Os visitantes também eram afastados, não se permitindo que chegassem nem mesmo próximos a porta.

Outras tradições do festival de Bealtaine incluem percorrer o perímetro da própria propriedade reparando cercas e marcadores de limites, além de festejar, dançar e beber. As danças imitavam o movimento do sol no céu e duravam a noite toda.

Beltaine comemorado hoje na Irlanda

Hoje, as fogueiras tradicionais sao acesas em muitas áreas como parte de festivais locais que comemoram o início do verão. O principal festival é conhecido como o Bealtaine Fire e a fogueira é acesa na colina de Uishneach, parte do condado de Westmeath com acompanhamento de música, rituais e danças até o nascer do sol.


Photo: Gathering at Uisneach, Co Westmeath


#minhairlanda #keepdiscovering #guiadeturismo #visitandoairlanda #livindublin #inspiração #turismocultural #virtuoso #lendasirlandesas #westmeath #literaturairlandesa

#guiabrasileironairlanda #AtgiTouristguides #FEG_QualifedTouristGuides #tourcultural

#caminhandoemdublin #FestivalBeltaine #BealtaineFire #lendasceltas #Uishneach

8 visualizações

Contato

Claudia Ozelame

Guia Brasileira na Irlanda 

Dublin 13

Rep. da Irlanda 

​​

Tel/Whatsapp 00353 (0)87 632 4660

Cozelame@gmail.com

  • Instagram
  • Facebook
  • LinkedIn

© 2023 by Personal Life Coach. Proudly created with Wix.com