Buscar

O que você sabe sobre o costume das abóboras iluminadas do Halloween?




Diz a lenda que no século 18, um homem conhecido como “Stingy Jack” (Jack Avarento) que pregava peças em todo o mundo, conseguiu enganar até o Diabo.


Quando Jack morreu, devido ao seu comportamento, Deus não o permitiu entrar no céu e o diabo também não permitiu sua entrada no inferno.


Em vez disso, ele ficou preso na noite eterna, vagando apenas com um nabo esculpido contendo uma brasa acesa do inferno, para iluminar seu caminho. E ele tem vagado pela terra desde então.


Os irlandeses começaram a se referir a essa figura temível como "Jack da Lanterna", que depois se tornou "Jack O'Lantern".




Bem distante das abóboras sorridentes que vemos hoje, a versão original das “lanternas” era apavorante. Na Irlanda as pessoas faziam suas próprias versões das lanternas de Jack esculpindo rostos assustadores em nabos ou batatas e os colocavam nas janelas ou perto de portas das casas para afugentar Stingy Jack e outros espíritos malignos errantes (vivos ou mortos).







Os irlandeses levaram a tradição das jack-o’-lantern com eles quando foram para os Estados Unidos. Eles logo descobriram que as abóboras, uma fruta nativa da América, eram lanternas perfeitas. E virou uma representação do Halloween.


#minhairlanda #halloween #lendasirlandesas

3 visualizações0 comentário