Buscar

Os Filhos de Lir - Children of Lir - uma das mais famosas lendas irlandesas


Há muito tempo atrás, havia um rei chamado Lir. Ele morava em um castelo com sua esposa Eva e seus quatro filhos, Fionnula, Aodh, Conn e Fiachra. A esposa de Lir, a rainha, tinha falecido e as crianças sentiam muito a falta dela.


O rei decidiu casar-se novamente. Dearg, o rei supremo, enviou sua filha Aoife, para ser a nova esposa de Lir. Aoife era linda, mas ela não era a pessoa de bom coração que Lir imaginava. A princípio, Aoife amou as crianças, mas logo começou a ficar com ciúmes delas. Ela sabia que Lir os amava muito. Ela queria o amor do rei só para si e planejou se livrar das crianças de alguma forma. Usou então de seus poderes mágicos.


Num lindo dia de verão, Aoife levou as crianças para nadar no Lago Derravaragh, e enquanto elas brincavam na água Aoife balançou uma varinha mágica e lançou um feitiço terrível sobre elas. Houve um flash de luz e as crianças desapareceram. E em seu lugar, apareceram quatro belos cisnes com penas brancas como a neve. Um dos cisnes abriu o bico e falou com a voz de Fionnula: "O que você fez conosco?"


Aoife gargalhou – “Eu coloquei um feitiço sobre vocês. Vocês serão cisnes por novecentos anos."

"Vocês passarão trezentos anos neste lago, trezentos anos no mar de Moyle e mais trezentos nas águas de Inish Glora, até que St. Patrick venha à Irlanda e traga a fé cristã, e até ouvir o sino cristão, vocês não serão libertados. Nem o meu poder ou o poder de alguém, podem agora trazer vocês de volta à forma humana; mas vocês manterão sua consciência humana e sua língua gaélica, e cantarão uma música tão doce que todos que a ouvirem ouvirão com prazer”.


Quando as crianças não voltaram para casa naquela noite, o rei foi procurá-las ao lado do lago. Mas tudo o que viu foram quatro belos cisnes. Para sua surpresa, um dos cisnes o chamou. Era Fionnula que disse a ele o que Aoife havia feito. Lir voltou ao seu castelo e implorou a Aoife para reverter o feitiço, mas Aoife recusou. Lir ficou furioso e a baniu de seu reino. Lir passava o tempo todo à beira do lago conversando com os filhos e ouvindo o canto deles. Quando Lir ficou muito velho e morreu, as crianças ficaram muito tristes, com o coração partido.


Como estipulado pelo feitiço, depois de trezentos anos eles se mudaram para o mar de Moyle, entre a Irlanda e a Escócia. Fazia muito frio e as tempestades no mar eram constantes. Quando chegou a hora de voar para Inis Glora, os cisnes já estavam velhos e cansados. A vida era mais fácil na ilha, era mais quente e havia muita comida.


Até que uma certa manhã, ouviram o som que tanto esperavam. Era o som das badaladas de um sino de igreja cristã. Eles voaram ansiosos para a praia. Do lado de fora da igreja havia um monge chamado Caomhog ou Malaquias. Ele ficou surpreso ao ver os quatro cisnes se transformarem em quatro crianças à sua frente. Fionnuala abraçou seus irmãos e eles estavam tão felizes por serem humanos novamente. Mas agora eles estavam com 900 anos.


Eles envelheceram rapidamente. Caomhog ouviu a triste história deles e os batizou e em seguida eles morreram de velhice. Ele os enterrou em uma sepultura atrás da sua Igrejinha. Naquela noite em seus sonhos, Caomhog viu as quatro crianças voando pelas nuvens. Ele sabia que os filhos de Lir estariam agora juntos de seu pai e sua mãe.


Outra versão conta que o feitiço acabaria quando o filho de um rei do Sul se casasse com a filha de um rei do Norte. Um certo dia, mensageiros do filho do rei de Munster chegaram ao lago e disseram a Caomhog que seu mestre se casaria naquele mesmo dia com a filha do rei de Ulster e, como presente de casamento, a noiva pedira os quatro cisnes. Eles ouviram que os cisnes deste lago eram mágicos e cantavam, e iriam levar os cisnes com eles, para dar à noiva como um presente. Assim que os soldados tocaram nos cisnes eles se transformaram em humanos. E o final seria o mesmo, com o batizado e morte deles.


Os Filhos de Lir é uma das mais famosas e também a mais triste lenda da mitologia irlandesa. Muitas destas lendas só foram registradas por escrito à partir do século 10. Os monges reproduziam as lendas antigas, mas as adaptavam à cultura cristã. Esta lenda mistura elementos mágicos como varinhas e feitiços druídicos mas termina com uma mensagem cristã de que a fé fortifica o ser humano e o liberta do sofrimento.


Venha aprender mais lendas e vivenciar a cultura local. Fale comigo.


#minhairlanda #keepdiscovering #guiadeturismo #visitandoairlanda #livindublin #inspiração #turismocultural #virtuoso #lendasirlandesas #westmeath #literaturairlandesa

#guiabrasileironairlanda #AtgiTouristguides #FEG_QualifedTouristGuides #tourcultural

#caminhandoemdublin #tourliterário #unesco #dublincapitaldaliteratura

14 visualizações

Contato

Claudia Ozelame

Guia Brasileira na Irlanda 

Dublin 13

Rep. da Irlanda 

​​

Tel/Whatsapp 00353 (0)87 632 4660

Cozelame@gmail.com

  • Instagram
  • Facebook
  • LinkedIn

© 2023 by Personal Life Coach. Proudly created with Wix.com