Buscar

"Quando eu morrer Dublin estará escrita no meu coração!" - James Joyce

Atualizado: Jun 19

Se Ulisses não está apto para ser lido, então a vida não está apta a ser vivida”. Assim falou James Joyce quando alguns críticos e familiares fizeram comentários sobre sua obra "Ulisses."


Joyce é um dos escritores mais reverenciados da língua inglesa e um dos mais discutidos. Era um gênio autodeclarado que adorava criar rumores sobre si mesmo. Consciente e seguro de sua genialidade, quando perguntado quem ele achava que eram os maiores escritores em inglês, Joyce respondeu: “Além de mim? Não sei!"





Nascido em Dublin em fevereiro de 1882, desde garoto já escrevia poemas. Teve uma infância muito agradável, estudando em uma escola jesuíta onde descobriu os clássicos da literatura. Quando adolescente a situação política da Irlanda começou a interferir em sua vida familiar. Seu pai perdeu o emprego e a família passava por dificuldades financeiras.


Decidiu aos seus 20 e poucos anos por um exílio voluntário e partiu para Trieste na Itália, acompanhado de Nora Barnacle sua companheira e depois esposa. Ele queria escapar da moralidade da igreja católica, das dificuldades de sua familia, da repressão do império britânico imposto à Irlanda e ao movimento crescente de extremistas nacionalistas. Ao final dos anos 1800s Dublin era a segunda mais importante cidade do império e havia muita movimentação política para a independência do país.


O dia 16 de junho de 1904 foi o dia mais importante da sua vida, o dia em que se encontrou com Nora Barnacle. E ele fez deste dia, o dia mais importante da literatura moderna quando o escolheu como a data para a narrativa de sua obra principal. Joyce escreveu poesias, romances, peças de teatro, contos mas sua obra mais importante e conhecida é seu livro Ulisses - uma obra-prima da literatura. Apesar de suas publicações serem diferentes em finalidades e dimensão, todas tinham algo em comum: Dublin, uma cidade que ele amava e odiava.


Ulisses seria como uma paródia da Odisséia de Homero, mas escrita como um romance épico moderno, baseado não nas obras gloriosas de reis e guerreiros, mas nas ações comuns das pessoas, contendo a complexidade da vida urbana, um mundo imperfeito. Tanto Leopold Bloom, o personagem principal, quanto a literatura inglesa partem em uma aventura em Ulisses. É uma balbúrdia da linguagem e uma celebração da existência. Como novela, Ulisses lida com encontros, vida e morte, bebida, sexo e adultério. E, claro, nacionalidade, religião e culpa.


Joyce era obcecado por Dublin e a reconstruiu exatamente como era - com a vida e a linguagem das pessoas que ele conhecera, e as lojas e ruas da cidade que estavam sempre vívidas em sua memória. Ele insistia na precisão absoluta, consultando mapas e diretórios, enviando cartas pertinentes aos amigos para obter informações detalhadas - até mesmo usando o cronômetro para verificar se os movimentos dos personagens pelas ruas estavam condizentes com as distâncias. Há tantas referências às ruas e edifícios de Dublin nas páginas de Ulisses que Joyce brincou uma vez que, se Dublin fosse destruída por alguma catástrofe, ela poderia ser reconstruída tijolo por tijolo, usando seu romance.



Ele levou sete anos para terminar o seu livro e neste periodo viveu em Trieste, Roma, Paris e Zurique. Considerado indecente ou inapropriado pela maioria dos editores, o livro foi finalmente impresso por um americano em Paris em 1922.


A narrativa de Ulisses ocorre no dia 16 de junho de 1904, começando às 8 da manhã e terminando às 2 da manhã do dia seguinte. Enquanto os personagens principais, Leopoldo Bloom e Stephen Dedalus, circulam por Dublin, todas ações e interações de centenas de habitantes são descritas com detalhes extraordinários. Joyce entra em suas cabeças e permite que você experimente seus pensamentos em um fluxo de consciência. Autobiografia e ficção se fundem, com o autor baseando muitos de seus personagens em pessoas reais. Cada capítulo representa uma cor, um órgão humano, um sentido, uma linguagem. A maneira como a história é contada, cada um dos 18 capítulos é escrito em um estilo de linguagem diferente, sendo a obra considerada o texto-chave da literatura moderna.


O herói é Leopoldo Bloom, um homem comum, aproximandamente 40 anos de idade, de descendência judaica, vendedor de anúncios de jornais, e casado com Molly, que tinha pretensões sociais muito maiores que ele. O outro personagem é Stephen Dedalus, um jovem escritor e professor. Stephen é o personagem principal do primeiro livro de Joyce, "Um Retrato do Artista Quando Jovem", uma obra semi-biográfica.


Joyce disse: “Eu inseri tantos enigmas e quebra-cabeças que manterão os estudiosos ocupados por séculos discutindo sobre o que eu quis dizer, e essa é a única maneira de alguém garantir a imortalidade”.

Em 1954, quando se celebravam os 50 anos de Ulisses, outros escritores e participantes da “Dublin Joyce Society” resolveram seguir o mesmo caminho de seus personagens centrais, visitando os lugares, vivenciando as mesmas experiências, iniciando a tradição de celebrar “Bloomsday”, em referência a Leopold Bloom.




Todos os anos, no dia 16 de Junho, milhares de pessoas em todo o mundo se vestem com roupas da época, saem às ruas, lêem o livro em voz alta, passeiam pela cidade e representam os personagens. E também milhares de pessoas até fazem uma peregrinação a Dublin visitando todos os lugares tão vividamente retratados na obra de Joyce.


Se você tem interesse em desvendar Ulisses, recomende que comece lendo 'Um Retrato do Artista Quando Jovem' primeiro. Assim ficará mais fácil de entender e ir se acostumando a sua maneira de escrever. Dublin foi decretada pela Unesco como Capital Internacional da Literatura. Venha nos visitar, com certeza será uma experiência muito interessante!

#minhairlanda #keepdiscovering #guiadeturismo #visitandoairlanda #livindublin #inspiração #turismocultural #literaturairlandesa #JamesJoyce #Bloomsday #Dublin #Ulysses

#guiabrasileironairlanda #AtgiTouristguides #FEG_QualifedTouristGuides #tourcultural

#caminhandoemdublin #tourliterário #unesco #dublincapitaldaliteratura




5 visualizações

Contato

Claudia Ozelame

Guia Brasileira na Irlanda 

Dublin 13

Rep. da Irlanda 

​​

Tel/Whatsapp 00353 (0)87 632 4660

Cozelame@gmail.com

  • Instagram
  • Facebook
  • LinkedIn

© 2023 by Personal Life Coach. Proudly created with Wix.com