Buscar

Samhain - o início de um Novo Ano

Apesar do que muitos acreditam, Halloween não se trata da adoração ao diabo ou do mal. Sua origem vem de uma tradição pagã celta que na verdade era um tempo de conectar com pessoas queridas (vivas ou mortas) e celebrar o final do verão e o início de um novo ano. Conhecido como “SAMHAIN” e significando literalmente “fim do verão”, este festival é celebrado há muitos séculos pelos irlandeses marcando o final da colheita e a preparação para o inverno.

Na tradição celta, o movimento do sol dividia o ano em duas partes. A metade escura (o novo ano) começaria com o Samhain e o ciclo terminaria com o início do verão no dia 1º de maio, com o festival de Bealtaine que celebraria a vida que desperta com o sol.

De acordo com historiadores, Samhain seria uma época de contar os estoques e se preparar para um período de dificuldades e falta de luz, incluindo sacrifício de animais que não sobreviveriam o inverno. Seria o final do período da pastagem e apenas os animais reprodutores eram mantidos. A colheita também teria que ser concluída até esta data. Os fogos nas casas eram queimados até apagar completamente.

Depois da colheita concluída, a comunidade juntamente com os sacerdotes druídas construíam uma grande fogueira onde um farto banquete era compartilhado. Após as festividades, cada família levava uma chama da fogueira sagrada para reacender o fogo em sua casa, ajudando a protegê-los, como também para mantê-los aquecidos durante o inverno.

Os celtas acreditavam que na noite anterior ao Novo Ano, a divisão entre o mundo dos vivos e mortos (mundo físico e espiritual) era mais tênue e os antepassados poderiam fazer esta travessia ao nosso mundo.

Para se permitir que eles circulassem livremente, portas e janelas eram destrancadas e seus lugares eram postos à mesa. Esta troca de referências ajudava a preparar a comunidade para o futuro. Era um período de novos acordos e indulgências entre todos.


Mas os seres mágicos e seres do outro mundo, também poderiam circular entre os vivos. Oferendas e banquetes eram preparados nos campos, longe das casas para eles. Os celtas se vestiam como animais e outras criaturas para que não fossem sequestrados por estes seres e levados para este outro mundo.

E a tradição continuou na Irlanda, com fogueiras acesas nos campos supostamente para proteger as familias contra bruxas, fadas, almas penadas ou outros seres diabólicos. Começaram a aparecer os Jack-o-lanters que eram deixados nas portas e janelas das casas para proteção. Depois foi prática também se vestir fantasias, ir de porta em porta cantando canções em homenagem aos mortos e como pagamento receber bolos ou outro tipo de alimento. E peças e truques que se pregavam eram geralmente atribuídos às fadas ou seres mágicos.

À medida que o cristianismo se espalhava pelas comunidades pagãs, os líderes da igreja tentavam reformular o Samhain como uma celebração cristã. Mas só conseguiram mudar a tradição no século IX quando o Papa Gregório declarou o dia 1º de novembro como o dia de Todos os Santos, que se chamava em inglês “All-Hallows”. O festival era um dia para homenagear mártires e santos. O dia 31 de outubro ficou conhecido então como “All Hallows Eve”. Eventualmente evoluiu para o “Halloween” se tornando mais popular do que o próprio dia dos santos. As práticas pagãs se tornaram cristãs juntamente com o vestir fantasias, pregar peças e distribuir ofertas, se transformando em tradições populares mesmo para quem não acredita em santos ou espíritos de outros mundos.

Aproveite este período para ajeitar o passado e abraçar o novo. Um momento para refletir sobre a passagem do tempo e sobre a sua caminhada pela vida. Hora de perdoar e seguir em frente. E homenagear e visitar (mesmo que virtualmente) entes queridos (vivos e mortos).


HAPPY HALLOWEEN!!!!

#minhairlanda #keepdiscovering #Samhain #guiadeturismo #visitandoairlanda #HALLOWEEN #inspiração #turismocultural #lendasirlandesas #HalloweenIreland

#guiabrasileironairlanda #AtgiTouristguides #FEG_QualifedTouristGuides #tourcultural

1 visualização

Contato

Claudia Ozelame

Guia Brasileira na Irlanda 

Dublin 13

Rep. da Irlanda 

​​

Tel/Whatsapp 00353 (0)87 632 4660

Cozelame@gmail.com

  • Instagram
  • Facebook
  • LinkedIn

© 2023 by Personal Life Coach. Proudly created with Wix.com